3ª história: coletiva de imprensa de Manno Góes

Desde participou da coletiva em que o cantor e compositor falou sobre os novos rumos da banda Jammil
Imagem: site da Prefeitura de Caruaru

Por Raulino Júnior


A primeira coletiva de imprensa, a gente nunca esquece! A do Desde, foi quando Manno Góes reuniu jornalistas, em abril de 2011, na Creperia Mariposa - Pura Vida (no Jardim Apipema, em Salvador), para falar sobre a saída de Tuca Fernandes da banda Jammil e Uma Noites e sobre os rumos do grupo diante da nova realidade que já estava posta. Foi uma experiência muito interessante. Lembro que, na ocasião, não fiz nenhuma pergunta, tamanha era a minha alegria de participar daquele evento em que um gênero da atividade jornalística era evidenciado. O post, que está ilustrado com uma péssima foto (sempre fui ruim nisso. Hoje, estou um pouco melhor!), destacou o fato de Manno saber sobre a decisão de Tuca pela imprensa: "'Achei descortês ser comunicado pela imprensa, afirma Manno Góes'", dizia o título. Clique na foto abaixo e veja a publicação.


Para participar da coletiva, entrei em contato com Manno Góes, via Twitter. Falei que tinha um blog que cobria cultura e que, como estudante de jornalismo, seria importante passar por aquela experiência. Manno foi, como sempre, muito gentil e me autorizou participar. Digo isso porque eu era um foca, descobrindo, na prática, o universo jornalístico, e o meu blog não tinha (como não tem) nenhuma grande influência no jornalismo soteropolitano. Foi um aprendizado e tanto. Eu não sabia nada sobre webjornalismo e isso fica explícito no post. Naquele dia, 19 de abril de 2011, uma terça-feira, Manno deixou bem evidente a vontade de ter Levi Lima nos vocais da banda: "Eu quero Levi". Foi o que aconteceu. Até a próxima!

Postar um comentário

0 Comentários