Série de reportagens sobre curso de Música Popular Brasileira abre comemorações pelos sete anos do Desde

Cobertura exclusiva de curso promovido pela FUNCEB é a primeira ação do blog para comemorar aniversário
Música Popular Brasileira em curso. Imagem: divulgação
Por Raulino Júnior 

Como já foi anunciado aqui, em texto publicado no dia 1º de janeiro de 2018, o Desde está comemorando sete anos em atividade. E, como é de praxe, em todo aniversário do blog há ações especialmente pensadas para agradecer e fortalecer o vínculo com os nossos leitores, além de propor reflexões sobre o nosso universo cultural. Dessa vez, não vai ser diferente: vamos produzir a série de reportagens Música Popular Brasileira em Curso, que será oriunda do curso livre de Música Popular Brasileira oferecido pelo Centro de Formação em Artes (CFA), da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB). A partir da próxima segunda-feira, 8 de janeiro de 2018, os leitores já vão poder acompanhar os conteúdos produzidos. 

O Curso

O curso livre segue com inscrições abertas até o dia 8 de janeiro e será ministrado por Vítor Queiroz, historiador, mestre em História Social da Cultura pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e doutor em Antropologia (Unicamp). Na ocasião, Vítor pretende fazer um apanhado histórico da música feita no Brasil e levantar debates e implicações desse processo. O professor promete também fazer muita audição de músicas durante cada encontro. Ao todo, os cursistas vão participar de cinco aulas e o Desde vai cobrir todas elas, com exclusividade. A sequência das aulas (e da série de reportagens do blog) é a seguinte:

  • 8/1: Viva São João (o que é MPB, o surgimento da MPB, o baião e os gêneros sertanejos, Dorival Caymmi);
  • 9/1: Artigo nacional (samba e identidade nacional na Era Vargas, crime e malandragem);
  • 10/1: As canções que você fez pra mim (do samba-canção a Roberto Carlos, do brega ao pagode romântico);
  • 11/1: Você não gosta de mim, mas a sua filha gosta (da Tropicália ao surgimento do rock nacional);
  • 12/1: Eu me transformo em outras (o declínio das gravadoras, as cenas independentes, o axé e o funk).
Vítor Queiroz: historiador faz panorama da música brasileira em curso na FUNCEB. Foto: Grácia Queiroz

As aulas começam no dia 8 e vão até 12 de janeiro, sempre das 8h30 às 12h30. A atividade é aberta para qualquer pessoa, independentemente se tem relação com música ou não. Para se inscrever, os interessados devem comparecer ao CFA, que fica na Rua do Bispo, n.º 29, Pelourinho, Salvador-BA. A taxa de inscrição é de R$ 100 (cem reais). Para saber mais informações, ligue para (71) 3117-6367.

Então, está combinado: na próxima semana, começa uma nova aventura do conhecimento aqui no blog! Até lá!

Postar um comentário

0 Comentários